terça-feira, 28 de junho de 2011

PROJETO: MONTEIRO LOBATO NAS ONDAS DO RÁDIO

 1. TÍTULO DO PROJETO:

Monteiro Lobato nas ondas do rádio.

2. SÉRIE E ESCOLA DE APLICAÇÃO DO PROJETO

Ano de aplicação: 4º Ano do Ensino Fundamental
Escola de aplicação: Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Cleiton Costa.

3. SELEÇÃO DO TEMA

Conversar com a turma sobre o seu conhecimento sobre a vida de Monteiro Lobato e suas obras literárias, quais as favoritas de cada um. Dialogar também sobre o rádio: programas apresentados, potencial educativo, programas mais ouvidos. etc.
A seleção foi realizada de forma dialética com a turma elencando as histórias já conhecidas pelos alunos.


4. CONTEÚDOS TRABALHADOS

Língua Portuguesa: leitura e interpretação, tipologia textual, produção textual, formação de palavras, sinônimos, escrita correta: uso do dicionário, pesquisa e formulação de síntese, comunicação escrita e oral.
Mundo Físico e Natural: meio ambiente.
Matemática: fazer uma linha do tempo sobre a vida de Monteiro Lobato.
Ensino Religioso: reflexão sobre boas maneiras relacionadas ao meio ambiente acompanhada de mudança comportamental dos alunos.
Ensino da Arte: desenvolvimento de linguagem artística através de produção teatral, fônica e do desenho.
Psicomotricidade: expressão corporal, trabalho com motricidade fina e ampla ao trabalhar com o teatro, coordenação motora ao trabalhar com o mouse.

5. PROBLEMATIZAÇÃO

De que forma o uso das histórias de Monteiro Lobato podem contribuir mais e melhor na construção do processo de ensino-aprendizagem dos alunos do 5º ano do ensino Fundamental?
Como o rádio pode contribuir para o processo de ensino-aprendizagem dos alunos do 5º ano do ensino Fundamental?

6. OBJETIVOS

O presente projeto objetiva colaborar com o trabalho dos professores em sala de aula de uma maneira lúdica e prazerosa, buscando despertar para novas técnicas em relação ao processo de desenvolvimento cognitivo do educando, levando a uma prática produtiva para a vida cotidiana, provocando produção de conhecimento e conceitos consolidados como aquisição de novos conhecimentos. Objetiva também:
§  Conhecer a vida e as obras de Monteiro Lobato;
§  Construir um programa de rádio sistematizando a vida e as obras principais de Monteiro Lobato a partir dos estudos e pesquisas anteriores;
§  Apresentar ao aluno, o rádio, como recurso de sistematização de aprendizagem, levando-os a distinguir a fala dos personagens da fala do narrador e a linguagem radiofônica;
§  Implantar na escola uma rádio;
§  Apresentar, no rádio, uma história de Monteiro Lobato reproduzindo a linguagem de seus personagens;
§  Montar uma peça teatral de uma das histórias de Monteiro Lobato;
§  Fazer a releitura e confeccionar um livro a partir da história "Reinações de Narizinho no Reino das águas claras".


7. JUSTIFICATIVA

As escolas precisam resgatar a prática da leitura, especialmente no Ensino Fundamental, por ser nessa faixa etária que a criança aprende a gostar de ler ou não. Precisa-se desenvolver uma prática de leitura prazerosa, sem cobranças de entendimento dos textos através de avaliações cansativas.
Aprende-se a ler lendo, não reproduzindo inúmeras vezes palavras ou frases, e menos ainda através de cópias longas e exaustivas. Por isso a escola deveria, propiciar às crianças o manuseio de livros em sala de aula para desenvolver os aspectos sensoriais, emocionais e intelectuais da leitura, de uma forma racional e dinâmica.
É importante que o aluno seja valorizado como pessoa e tratado de modo personalizado. A ele deve ser proporcionado oportunidades de experimentar, pensar, comparar, criar hipóteses, estabelecer regras e aprender através do erro. O conhecimento não é pronto e por isso a aprendizagem é construída constantemente.
O professor não é detentor do saber e sim um motivador, orientador e viabilizador do processo ensino-aprendizagem, provocador de situações problemáticas a serem resolvidas e regulador de conflito. É necessário que ele faça uso de procedimentos democráticos, respeitando o tempo de aprendizagem de cada aluno, aproveitando os conhecimentos que o aluno tem, servindo-se deles para desencadear novas aprendizagens. O professor pode ser um investigador, pesquisador, um desafiador, um questionador, um crítico e um estimulador criativo, dinâmico procurando avaliar sua prática pedagógica e de seus resultados.
O rádio é um meio de comunicação comum no meio social. As pessoas das mais diversas classes sociais, culturais ou intelectuais, têm acesso à informação e entretenimento através desta mídia, ou seja, é um veículo democrático e tem um papel importante na transmissão de conhecimentos. Segundo Lima:

A escola também tem esse papel social, no entanto, enquanto a linguagem do rádio é mais acessível ao seu público, em muitas ocasiões não acontece na escola. A deficiência no processo de comunicação entre escola e aluno é tida como um dos entraves na concretização do processo ensino-aprendizagem. Utilizar estratégias de comunicação de rádio neste processo e ampliar as possibilidades de sua concretização. Estratégias tais como uso adequado da voz, utilização de recursos de áudio para facilitar a transmissão de conhecimentos, adaptação de processos educativos com uso do rádio, além da criação de laboratório de comunicação o qual o aluno poderá mostrar sua capacidade criativa, de trabalhar em equipe, a possibilidade de mostrar seu talento, são algumas das vantagens que este projeto poderá proporcionar a escola. Com a escola com a comunicação cada vez mais envolvente e uma participação cada mais parceira entre educadores e aprendizes, o ensino de modo geral deverá ajudar eliminar, consideravelmente, as críticas. As novas demandas sociais e profissionais exigidas que solicitam cidadãos que saibam se superarem em situações problemas e integrar-se em equipe poderão somar-se ao processo de ensino escolar beneficiando diretamente os participantes do projeto. Em suma, o projeto rádio amplia a possibilidade na melhoria da qualidade de comunicação e concorre para auxiliar o processo de transmissão de conhecimentos.

A utilização do rádio pela escola também cria condições para que o estudante tenha uma experiência diferente, podendo a se tornar um profissional caso se interessar por essa mídia. O rádio possibilita experiências para melhoria na habilidade de comunicação o que está vinculado ao ensino. Portanto, desenvolver a linguagem radiofônica no processo de ensino-aprendizagem cria uma alternativa nova para estimular a melhoria da qualidade de educação.
O uso da comunicação no rádio com o objetivo educacional visa colaborar como ferramenta de transmissão de conhecimentos interdisciplinares e transdisciplinares, permitir e aproximar o acesso a informação cotidiana e de utilidade pública, permitindo assim a realização de produções que possam atender as necessidades internas e da comunidade do entorno além de estimular a produção de materiais de apoio pedagógico.
Muitas são as vantagens do uso do rádio na escola, entre elas destaca-se: melhoria nas relações de convivência, integração e aproximação da escola com a comunidade escolar, ampliação e inovação das de práticas interdisciplinares e transdisciplinares, desenvolve a iniciativa e o protagonismo juvenil, complementa o processo de ensino-aprendizagem, possibilita o desenvolvimento intelectual e as habilidades dos envolvidos, oportuniza a manifestação da comunidade e  cria condições para melhoria da comunicação institucional.

8. CRONOGRAMA

O cronograma abaixo demonstra como poderão ser desenvolvidas as atividades, porém é flexível e deve ser adequado conforme o aprofundamento do professor e das disciplinas que serão envolvidas no projeto, podendo ser desenvolvido em 3 semanas dependendo do interesse dos alunos e do ritmo da turma.

ATIVIDADES
1º Semana
2º Semana
3º Semana
Implantação da rádio na escola
X
X
X
Estudo sobre a vida e principais obras do autor Monteiro Lobato.
X


Fazer uma síntese da vida de Monteiro Lobato de 30 min para apresentação ao vivo no rádio.
X


Fazer uma síntese das principais obras literárias de Monteiro Lobato de 30 min para apresentação ao vivo no rádio.
X


Organizar a apresentação no rádio das sínteses elaboradas pela turma
X


Apresentar no rádio as sínteses elaboradas pela turma
X


Sessão de cinema, passar o filme: Reinações de Narizinho no Reino das águas claras
X


Dialogar sobre o filme
X


Fazer o levantamento dos nomes e das características dos principais personagens da história: Reinações de Narizinho no Reino das águas claras[1]

X


Organizar uma peça teatral da história "Reinações de Narizinho no Reino das águas claras" para apresentação para as demais turmas da escola na semana da Literatura Infantil.

X
X
Apresentar a peça teatral


X
Organizar uma apresentação ao vivo no rádio da história "Reinações de Narizinho no Reino das águas claras", reproduzindo aos ouvintes as falas, levando em consideração a maneira de falar e a linguagem dos personagens, sendo estas apresentadas por diversos alunos.

X
X
Apresentar no rádio a história "Reinações de Narizinho no Reino das águas claras".


X
Propor jogos do Sítio do Picapau Amarelo on line e do cd.

X

Dialogar sobre o meio ambiente observado na história comparando com o meio ambiente que os rodeia.

X

Fazer um passeio pelos arredores da cidade observando como se apresenta o meio ambiente.

X

Fazer um paralelo de como se apresenta o meio ambiente e o que precisa ser melhorado.

X

Confeccionar e ilustrar um livro recontando a história "Reinações de Narizinho no Reino das águas claras" segundo seu ponto de vista.


X


9. MATERIAIS E RECURSOS NECESSÁRIOS

§  Histórico de Monteiro Lobato[2].

§  Filme Reinações de Narizinho no Reino das águas claras[3].
§  Material para montagem da peça teatral (roupas, calçados, chapéus, adornos, etc.).
§  Jogos do Sítio do Picapau Amarelo on line[4].

§  Jogos do Sítio do Picapau Amarelo do cd[5].
§  Material escolar de uso diário: lápis, caderno, borracha, folhas, etc.
§  Para implantação de uma rádio:
EQUIPAMENTOS PARA IMPLANTAÇÃO DA RÁDIO:
Mesa de som
600,00
Microfone
150,00
Pedestal para microfone
60,00
Toca Cd
200,00
Toca fita
150,00
Amplificador
400,00
Equalizador
250,00
2 Caixas de som
500,00
Computador (opcional)
2.000,00
TOTAL (valores aproximados)
4.310,00
ESPAÇO:
• Estúdio 2x2 m (mínimo)
• Acesso Privativo
• Mesa e cadeiras
• Prateleira

10. AVALIAÇÃO

Retomar os objetivos propostos, o interesse e a participação dos alunos no desenvolvimento das atividades.
O professor deve avaliar a produção teatral e a produção do livro a partir da releitura da história "Reinações de Narizinho no Reino das águas claras", observando os seguintes aspectos:
·         Apresenta as características da história?
·         As características dos personagens está claro?
·         As ilustrações são criativas e dentro do contexto?
Quanto a produção e apresentação radiofônica:
·         Os alunos foram criativos?
·         Como se procedeu a comunicação e a linguagem utilizada?
·         Exploraram as características de linguagem dos personagens, podendo ser identificados pela forma de falar?
·         Utilizaram diferentes entonações e usaram a emoção no decorrer da história?
Os alunos devem retomar suas anotações iniciais e refletir sobre o que aprenderam com o trabalho, tanto em relação ao uso do rádio quanto ao conhecimento relativo a Monteiro Lobato e suas obras, comparando com o que sabiam antes. O professor deve também rever as anotações iniciais e fazer um momento de diálogo com os alunos, pontuando juntos as aprendizagens da turma.

11. REFERÊNCIAS

ASSUMPÇÃO, Zeneida Alves de. O Rádio na escola como instrumento educativo. Disponível em: http://www.unitau.br/scripts/prppg/humanas/download/aradioescola-N2-2001.pdf. Acesso em: 20 de Junho de 2011.

FILHO,  Carlos Helder da Ponte. PATROCÍNIO, Kátia Regina Azevedo. A Rádio na escola: Uma prática educativa eficaz. Disponível em: http://www.catavento.org.br/arquivos/O_RADIO_NA_ESCOLA_COMO_INSTRUMENTO_EDUCATIVO.pdf. Acesso em: 20 de Junho de 2011.

GENS Serviços educacionais. Instalação do equipamento de rádio. Disponível em: http://www.portalgens.com.br/radio-escola/conheca/didatico/folhetoradio.pdfAcesso em: 20 de Junho de 2011.

GONÇALVES, Elizabeth Moraes. AZEVEDO, Adriana Barroso de.  O Rádio na escola como instrumento de cidadania. Disponível em: http://www2.metodista.br/unesco/GCSB/comunicacoes_radio_escola.pdf. Acesso em: 20 de Junho de 2011.

LIMA, Carlos Alberto Mendes de. Guia de implementação de projeto rádio escolar. Disponível em: www.usp.br/nce/manual/paginas/manual1.pdf. Acesso em: 20 de Junho de 2011.

REDE GLOBO. Sítio do Picapau Amarelo. Disponível em: http://sitio.globo.com/. Acesso em: 20 de Junho de 2011.


[1] Disponível em: http://www http://sitio.globo.com. Acesso em 20 de junho de 2011.
[2] Disponível em: http://lobato.globo.com/lobato.asp. Acesso em 20 de junho de 2011.
[3] Cd com a história Reinações de Narizinho No Reino das Águas Claras e jogos, adquirido através do site: http://www.paminformatica.com.br/home.html. Acesso em 20 de junho de 2011.
[4] Disponível em: http://www http://sitio.globo.com. Acesso em 20 de junho de 2011.
[5] Cd com a história Reinações de Narizinho No Reino das Águas Claras e jogos, adquirido através do site: http://www.paminformatica.com.br/home.html. Acesso em 20 de junho de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário